Como conseguir um investidor para sua startup (guia completo)

como conseguir um investidor0
Blog > Financeiro > Como conseguir um investidor para sua startup (guia completo)

Se você ainda está em dúvida sobre como conseguir um investidor para sua startup, encontrou o guia que vai orientá-lo nessa jornada.

O processo de captação de recursos faz parte do conjunto de elementos indispensáveis ao sucesso do empreendedorismo de inovação

Afinal, sem fluxo de capital, uma ideia promissora de negócio é apenas uma ideia. 

Para o empreendedor interessado em saber como conseguir um investidor, as notícias são boas. 

Levantamentos recentes mostram um crescimento substancial no volume de aportes em startups em todo o mundo, inclusive no Brasil.

Se é de um investidor que você precisa, continue a leitura.

Como conseguir um investidor

A missão de conseguir um investidor pode ser desafiadora, mas você certamente terá êxito se tiver um projeto potencialmente lucrativo e preparo para lidar com as intempéries do mercado.

Veja algumas dicas:

Defina o modelo de negócio

O primeiro passo é definir o modelo de negócio da sua startup. 

Trata-se da descrição de como você encontrou a oportunidade de mercado e o que pretende fazer para criar e entregar valor aos stakeholders.

Pode ser uma inovação disruptiva ou uma inovação totalmente radical, em que o objetivo é propor algo inusitado ou criar mercados que ainda nem existem. 

Organize a casa

Depois de descobrir a oportunidade de negócio, você precisa formalizar a empresa e organizar a casa.

Startups em fase de teste de mercado não costumam contar com organogramas detalhados, mas é fundamental que o seu negócio esteja em conformidade com as normas.

Você precisará de um CNPJ, de um acordo de sócios bem redigido, um contrato social com cláusulas que facilitem a admissão de sócio-investidores, entre outras particularidades.

Outro aspecto importante é a organização contábil e financeira, que pode ser conduzida com a assessoria de uma empresa contábil especializada.

O BPO financeiro, por exemplo, pode ajudar muito nessa tarefa.

Conheça as principais fontes de recursos

Para descobrir como conseguir um investidor, você precisa conhecer os principais tipos de investidores, fundos de investimentos e outras fontes de recursos.

1. FFF (Families, Friends, Fools)

Os primeiros aportes feitos em startups nas fases pré-seed e seed costumam ser de parentes, amigos e “tolos”. 

São pessoas que pertencem ao círculo de convivência e amizade do empreendedor e que querem ajudá-lo a testar suas ideias.

O termo “tolo”, no caso, não deve soar pejorativo.

Diz respeito a pessoas que investem na ideia mesmo sem uma análise criteriosa dos riscos, geralmente amigos e conhecidos de outros trabalhos.

2. Investidores anjo

Os investidores anjo preferem startups em estágios um pouco mais adiantados e que tenham algum histórico para mostrar

São pessoas físicas ou jurídicas, geralmente com vasta experiência de mercado, que investem não apenas dinheiro no negócio.

Eles participam também da gestão da startup, orientando o empreendedor nas decisões mais relevantes.

3. Crowdfunding

As plataformas de crowdfunding, basicamente uma evolução da antiga “vaquinha”, têm se tornado importantes aliadas das startups. 

Entre as principais vantagens, destaca-se a abrangência proporcionada pela digitalização.

Após regulamentação da CVM (Instrução Normativa 588), as plataformas de crowdfunding também podem atuar como distribuidoras de valores mobiliários.

Até abril de 2021, a CVM contava com 39 plataformas eletrônicas de investimento participativo registradas.

4. Fundos venture capital

Importantes veículos de investimento em empresas inovadoras, os fundos venture capital têm políticas de investimento bem definidas.

Para acessá-los, a startup deve cumprir alguns pré-requisitos, como faturamento, tempo de mercado e hipóteses validadas.

Os fundos geralmente aportam dinheiro em troca de participação societária, com a intenção de fazer o desinvestimento após o negócio alcançar a escalabilidade.

5. Fundos private equity

Os fundos private equity, conhecidos por investir em empresas de capital fechado, seguem o mesmo raciocínio dos venture capital.

Em geral, preferem startups em fases de tração que estão em busca de recursos para expandir as operações, inclusive por meio de fusões e aquisições. 

6. IPO

O IPO (oferta pública de ações) marca a estreia de uma empresa na bolsa de valores, transformando-se em uma S/A de capital aberto.

Startups que chegam a esse nível já se transformaram em empresas reconhecidas, com estrutura interna de governança e compliance e planos audaciosos de crescimento. 

Empresas listadas na bolsa precisam divulgar publicamente seus balanços e uma série de outras informações, conforme determina a Lei das S/As.

Crie um pitch deck impecável

Como vimos, existem diferentes formas de conseguir um investidor para alavancar o seu negócio, mas você precisa saber como transmitir a essência da startup

Uma das maneiras de fazer isso é por meio do pitch deck, uma apresentação rápida e visualmente agradável, elaborada para atrair a atenção do investidor.

Cuidado com o valuation

Conseguir um investidor implica em oferecer a ele uma participação societária no negócio em troca do aporte de capital.

Para fazer isso, você precisa descobrir, por meio de um processo de valuation, o quanto sua empresa vale.

Afinal, você vai vender uma parte dela. 

Para não correr o risco de subestimar ou superestimar o valor, é recomendável a contratação de uma consultoria externa com expertise na área.

Prepare-se para a due diligence

Se você chegou à etapa de assinar o term sheet (acordo comercial prévio), as principais barreiras para conseguir um investidor foram vencidas.

O momento é de preparação para a due diligence, a diligência prévia que antecede o aporte de recursos efetivamente.

A importância do investidor para startups

Descobrir como conseguir um investidor pode representar o divisor de água para o empreendedor que precisa de recursos para escalar o seu negócio

Em 2021, as startups brasileiras captaram cerca de US$ 10 bilhões em diversas rodadas de investimento, número que não para de crescer.

Conforme estimativas da Sling Hub, divulgadas pela CNN, é possível que os investimentos em startups alcancem US$ 29,4 bilhões em 2022.

Essa é uma ótima notícia para os investidores, que podem multiplicar o seu capital, e para os empreendedores, que precisam de recursos para colocar seus projetos em prática.

Prepare sua startup para conseguir um investidor

Viu como conseguir um investidor é algo perfeitamente possível? 

As dificuldades certamente virão, os riscos e incertezas estarão presentes, e você não acertará sempre.

A missão é difícil, mas você não está sozinho nessa. 

Para ajudá-lo a organizar as finanças, implantar e monitorar indicadores de desempenho e prepará-lo para a due diligence, existe a Comece com o Pé Direito

Somos uma empresa de contabilidade online que entende como ninguém o ecossistema das empresas inovadoras.

Terceirize suas funções rotineiras com a gente e ganhe tempo para focar no seu core business e na captação de recursos para decolar.

Leave a Reply