5 ferramentas de gestão financeira para ajudar sua startup

ferramentas de gestão financeira0
Blog > Financeiro > 5 ferramentas de gestão financeira para ajudar sua startup

Em busca de ferramentas de gestão financeira para sua startup?

Então este artigo vai ser um ótimo ponto de partida.

Afinal, não dá para gerenciar o capital de giro, as margens de lucro e a necessidade de investimento de uma empresa sem os instrumentos certos, não é mesmo?

Através do controle de entradas e saídas do caixa e dos principais indicadores financeiros, o gestor descobre se seu negócio está caminhando a passos firmes ou cambaleantes.

Se é o que você precisa, confira a partir de agora algumas ferramentas de gestão financeira que vão ajudá-lo a gerir adequadamente o fluxo de transações de seu negócio e facilitar seu dia a dia.

O que são ferramentas de gestão financeira?

Ferramentas de gestão financeira são instrumentos que possibilitam o gerenciamento das finanças de uma empresa, como softwares, planilhas e aplicativos.

Têm como objetivo monitorar o fluxo de caixa de um negócio e medir seu desempenho financeiro por meio de indicadores úteis à tomada de decisões.

O conjunto de ferramentas de gestão financeira é amplo, desde uma caderneta de anotações (uma ferramenta bem rudimentar) a um ERP (Enterprise Resource Planning).

Cada empresa tem uma necessidade diferente.

Dependendo do porte e do tipo de negócio, aplicativos gratuitos ou planilhas online são o suficiente.

Empresas com grandes movimentações financeiras, por outro lado, necessitam de softwares avançados e integrados, principalmente aqueles que automatizam funções repetitivas. 

Como as ferramentas ajudam na gestão financeira?

A função das ferramentas de gestão financeira é facilitar o trabalho do empreendedor.

Por meio delas, é possível gerir:

  • Contas a pagar e a receber
  • Emissão de notas fiscais
  • Pagamento de impostos e contribuições
  • Necessidade de capital de giro
  • Acompanhamento do fluxo de caixa, dentre vários outros aspectos.

O controle de todas as transações precisa ser o mais exato possível. 

Do contrário, mesmo um negócio promissor pode falir por falta de gestão financeira

Além do mais, startups recorrem com frequência a fontes externas de recursos, como investidores-anjo, fundos venture capital ou linhas de crédito diferenciadas. 

Para aumentar as chances de êxito em uma rodada de investimento, o negócio precisa estar com o financeiro muito bem organizado.

5 ferramentas de gestão financeira para startups

Se você está em busca de ferramentas de gestão financeira para sua startup, confira algumas opções a seguir. 

Planilhas

As planilhas eletrônicas estão entre as mais tradicionais ferramentas de gestão financeira empresarial. 

Apesar de “antigas”, podem ser muito úteis à gestão de uma startup, desde que bem construídas por profissionais que dominem as funções, fórmulas e filtros.

A planilha do Google, por exemplo, permite a criação de gráficos e dashboards interativos e a integração com outras ferramentas online, como alguns sistemas de pagamento.

O problema é que, dependendo de como as planilhas são configuradas, os dados vão se amontoando e interpretá-los começa a se tornar uma tarefa complicada.

Apps

Os aplicativos de gestão financeira funcionam como uma versão mobile dos sistemas disponibilizados por empresas que oferecem esse tipo de solução tecnológica

Como a maioria é compatível com Android e IOS, o gestor pode baixar o app no celular e ter acesso às informações financeiras de onde estiver e em tempo real.

Em geral, permitem a sincronização entre as contas-correntes da empresa e o app, o acompanhamento do fluxo de caixa, o envio de orçamento, o acompanhamento do estoque, dentre outras funcionalidades. 

Gerenciador de notas fiscais

O gerenciador de notas fiscais é uma ferramenta que auxilia na emissão de notas fiscais com muito mais eficiência e agilidade.

Quando feita manualmente, a emissão de notas toma tempo e abre margens para erros que podem complicar a empresa e resultar em prejuízos.

Através de bons gerenciadores, sua startup pode emitir notas fiscais para diferentes CNPJs, enviar arquivos para os emails dos clientes e calcular os impostos a serem pagos.

ERP

O sistema de gestão integrada (ERP) é uma ferramenta que vai além da gestão financeira de sua startup. 

Engloba também a gestão de estoque, o departamento de compras, a logística, o RH, o relacionamento com cliente (CRM), dentre outros setores.

Trata-se de um sistema completo, sendo que alguns são focados em empresas de segmentos específicos e que podem, inclusive, integrar sua empresa e a contabilidade por meio do cloud computing.

Um ERP muito usado por empresas de diferentes segmentos é o da Conta Azul, que permite registro de fluxo de caixa, faturamento, cadastro de clientes, gestão de estoque e muito mais. 

Business Intelligence

O Business Intelligence (BI), ou inteligência de negócios, é um conjunto de ferramentas que podem ser usadas em diferentes setores de uma empresa, inclusive o financeiro.

Por meio da inteligência artificial (IA), sistemas automatizados conseguem extrair, tratar e transformar uma grande quantidade de dados em informações úteis para os gestores. 

O Business Intelligence na gestão financeira consegue produzir relatórios com interfaces intuitivas e de simples compreensão, como infográficos e dashboards capazes de identificar padrões e indicar tendências.

O Business Intelligence pode usar tanto os dados internos de uma empresa quanto os externos (do chamado big data).

Qualifique a gestão financeira da sua startup

Como você percebeu, há diversas ferramentas de gestão financeira disponíveis no mercado que podem ajudá-lo a manter o controle do seu negócio.

Não há outra alternativa: para alcançar sucesso no empreendedorismo, o caminho passa necessariamente pela qualidade da gestão financeira.

A grande dúvida talvez seja escolher a ferramenta certa para as necessidades de sua startup.

Será que vale a pena investir em soluções sofisticadas ou é melhor optar pelo BPO financeiro?

BPO é a sigla para Business Process Outsourcing (ou terceirização de processos de negócios), uma estratégia cada vez mais adotada no ambiente corporativo. 

Para startups que precisam trabalhar com equipes enxutas, a terceirização é uma maneira inteligente de manter o negócio em ordem sem, necessariamente, aumentar gastos e despesas.

Se é o seu caso, conheça o serviço de BPO financeiro da Comece com o Pé Direito.

Cuidamos de todas as rotinas financeiras de seu negócio, como contas a pagar e a receber, conciliação bancária, fluxo de caixa e demonstrativos financeiros para você ter mais tempo para focar no que realmente importa.

Fale com a gente!

Leave a Reply