O que é venture capital e como atrair investidores para sua startup

o que é venture capital0
Blog > Financeiro > O que é venture capital e como atrair investidores para sua startup

Sabe o que é venture capital e por que essa é a solução para captar dinheiro para a sua startup?

Estamos falando do mercado de capital de risco, que abrange investimentos em empresas inovadoras e com alto potencial de crescimento. 

Hoje, existem vários fundos de investimento e investidores individuais que procuram startups e scale-ups para injetar recursos em troca de participação nos resultados.

Se você quer receber aportes e escalar seu negócio, é melhor conhecer de perto esse mercado.

Siga a leitura e entenda como atrair investimentos com o venture capital. 

O que é venture capital?

Venture capital significa basicamente capital de risco: um tipo de investimento focado em empresas com alto potencial de crescimento e rentabilidade.

De modo geral, os investidores de risco aplicam seu dinheiro em startups e scale-ups, acreditando em sua capacidade de crescer e gerar retornos expressivos.

Existem basicamente três formas de fazer esses investimentos:

  • Comprando ações de empresas com alto potencial de crescimento
  • Adquirindo direitos de participação nos resultados
  • Participando de fundos de venture capital e private equity.

É nesse mercado de venture capital que acontecem as famosas rodadas de investimentos que destinam milhões de reais a startups e fomentam o crescimento do ecossistema no país.

Mas é importante ressaltar que essa modalidade vai além do mero financiamento das atividades da empresa, pois o investidor se torna membro do quadro societário e passa a ter direito a uma parte do negócio – e também à participação na gestão.

Por estar interessado no crescimento da empresa e seus futuros lucros, o investidor pode atuar como um parceiro e ajudar o empreendedor em sua jornada rumo à escalabilidade. 

Private equity e venture capital: qual a diferença?

Tanto o private equity quanto o venture capital se referem a investimentos em troca de participação em empresas de alto crescimento. 

A principal diferença entre os dois segmentos é que o venture capital é mais voltado a startups em fase inicial, enquanto o private equity prioriza startups e scale-ups mais maduras e em fase de expansão.

Isso torna o primeiro mercado mais arriscado, já que a aposta é em empresas que ainda estão dando seus primeiros passos.

Além disso, o private equity costuma ser mais diversificado em relação aos setores e mercados das empresas-alvo dos investimentos. 

Por outro lado, o venture capital é conhecido por participar de mercados mais inovadores como o de tecnologia e finanças.

Em ambos os casos, o envolvimento dos fundos na gestão do negócio pode variar muito, e são utilizados critérios próprios para selecionar as startups e scale-ups com maior potencial de retorno para os investidores de risco. 

Venture capital e startups

Venture capital tem tudo a ver com startups porque as empresas inovadoras são o alvo preferido dos investidores desse mercado.

Para você ter uma ideia, as startups captaram R$ 23,6 bilhões em 2020 por meio de investimentos de venture capital e private equity, segundo dados da Associação Brasileira de Private Equity e Venture Capital (ABVCAP), publicados em 2021 na InfoMoney. 

É o segundo maior volume de capital de risco desde 2011, com queda de 7% sobre o valor visto em 2019.

Ao todo, 255 empresas brasileiras receberam aportes de investidores, sendo 200 no segmento de venture capital e 55 no segmento de private equity. 

As startups mais procuradas pelos fundos foram as das categorias de finanças (fintechs) e seguros (insurtechs). 

Além disso, os investidores de risco também fizeram aportes em startups de marketing, tecnologia, educação, energia, alimentação, saúde, direito, logística e outras.

Vantagens do venture capital

O venture capital traz muitas vantagens para a startup ou scale-up que recebe os recursos e também para seus investidores.

Confira alguns pontos de destaque:

  • Para startups que precisam captar dinheiro, os fundos de venture capital são uma ótima alternativa ao capital próprio e crédito bancário
  • Além de receber recursos, as empresas ganham parceiros de longo prazo para ajudar na gestão estratégica e desenvolvimento do negócio
  • As startups e scale-ups acabam se organizando muito melhor, otimizando sua gestão financeira e afinando seus objetivos para se tornarem elegíveis ao venture capital 
  • Os fundos de venture capital viabilizam o acesso a aportes financeiros mais generosos
  • A necessidade de entregar resultados aos investidores incentiva o empreendedor a perseguir suas metas e ter uma visão de longo prazo.

Plataformas de venture capital

Depois de entender o que é venture capital, se você se interessou pelo modelo como fonte de recursos para a sua startup, vale conhecer algumas plataformas pelas quais pode começar.

Confira a lista:

Eqseed

A Eqseed é uma das plataformas de venture capital mais conhecidas atualmente.

Ela possui um rígido processo de seleção e apresenta as melhores startups para investidores construírem seus portfólios.

Para captar até R$ 5 milhões em investimentos, basta fazer a inscrição na plataforma e passar pelo processo seletivo. 

Distrito Ventures

O Distrito Ventures é o serviço de venture capital da comunidade independente de startups Distrito. 

O foco da empresa é criar um processo de investimentos early stage, que combina capital humano aos dados sobre founders e startups

Ao todo, mais de 20 empresas já receberam aportes pelo sistema.

Pela plataforma, é possível se cadastrar como investidor ou fazer a inscrição para a seleção de startups que irão receber os recursos.

Kria

A Kria é outra ferramenta que conecta investidores e startups que buscam recursos de venture capital.

A empresa promete um processo sem burocracia na análise e seleção de empresas, além de oferecer uma rede de mais de 50 mil investidores.

Capitalz Venture

A Capitalz Venture é um serviço de investimentos específico para empresas de tecnologia de médio porte. 

A empresa oferece um processo de 5 etapas e duração média de 90 dias para o fechamento da rodada de investimentos.

Entendeu o que é venture capital e como você pode captar recursos para a sua startup nesse mercado?

Para deixar sua empresa em dia com a contabilidade e pronta para receber os aportes, você pode contar com os serviços da Comece Com o Pé Direito.

Nós temos soluções completas de gestão contábil, BPO Financeiro, Business Intelligence, Departamento Pessoal, e ainda ajudamos você na due diligence

Fale com a gente e prepare-se para aproveitar os benefícios do venture capital. 

Related Posts

Leave a Reply