Passo a passo: como fazer um diagnóstico financeiro do seu negócio?

Quando você não se sente bem é natural procurar um médico. Fazer uma consulta. Alguns exames. Receber um diagnóstico. 

 

Se quando você tem um problema de saúde a primeira coisa que faz é procurar saber o que está acontecendo e encontrar ajuda, por que quando a sua empresa passa por um problema você não faz o mesmo?

 

Não é tão complicado ter uma vida saudável e manter bons hábitos. Hoje em dia existem até aplicativos que te lembram de beber água ou praticar exercícios. Não pode ser tão difícil então adotar práticas que mantenham a saúde financeira do seu negócio: controlar o fluxo de caixa, o estoque, as equipes

 

Controlar para não se descontrolar.

 

Eu sei, ninguém quer ver sua própria empresa agonizando, sofrendo por problemas que nem mesmo sabe quais são. Você não quer pôr o seu trabalho todo a perder. E é nessa hora que você deve fazer um diagnóstico financeiro. 

 

O diagnóstico financeiro, assim como o próprio nome já diz, vai diagnosticar qual é a doença do seu negócio, o que a ataca, se há tratamento, e, a partir daí, qual é a melhor forma de consertar a situação. 

 

Como todo negócio nasce para um fim lucrativo, o setor financeiro é um dos mais importantes e que mais demandam cuidados. E digo mais, não basta apenas você, empresário, cuidar apenas do dinheiro que entra na empresa. Você precisa cuidar do que sai, do que investe. 

 

Nem sempre o montante de dinheiro que você vê chegar supre a necessidade do que precisa sair. E aí, se você decidir fazer um diagnóstico financeiro apenas quando a situação já for crítica, sinto muito, meu amigo, mas há grandes chances do seu negócio quebrar. 

 

E você não quer isso, certo? Então foca na missão e continua aqui comigo para saber o que é um diagnóstico financeiro e o passo a passo de como colocá-lo em prática. 

 

O que é um diagnóstico financeiro

 

O diagnóstico financeiro serve para identificar todo o processo que o time financeiro da empresa executa. Desde como são realizadas as cobranças, organização de pagamentos, processos que evitam erros na operação, além de verificar a saúde financeira da empresa.

 

De forma mais detalhada, o diagnóstico financeiro objetiva mensurar o desempenho financeiro e o modelo de negócios da sua empresa, através da análise das informações contábeis, registros de planilhas, informações do planejamento estratégico e até mesmo do depoimento de gestores. 

 

Por que devo fazer o diagnóstico financeiro do meu negócio?

 

Toda empresa deve fazer o seu diagnóstico financeiro. Com ele você pode verificar se o processo está sendo executado corretamente dentro da empresa e até mesmo, antes de abrir o seu negócio, pode avaliar se realmente vale a pena e se é aplicável. Todo empresário deveria se perguntar: meu negócio é viável?

 

É importante sempre ter um profissional capacitado para executar uma tarefa desse nível. Alguns tópicos que são muito importantes ao fazer o diagnóstico financeiro:

 

Faturamento: para ter uma relação clara de todos os clientes e saber quais têm recorrência. Além disso, é muito importante ter esses contratos organizados com os clientes para saber se eles estão pagando em dia. 

 

Despesas: para identificar quais são os desembolsos recorrentes e fixos dentro da empresa e para ter uma saber quanto eles representam.

 

Estoques: para controlar e identificar a necessidade de capital de giro da empresa.

 

Capital de Giro: para identificar os dias em que entra e os dias em que saem a maior quantidade de dinheiro e negociar com clientes e fornecedores.

 

Provisão Orçamentária: com os dados de recebimentos e pagamentos, montam-se as provisões mensais e anuais da empresa e, dessa forma, é possível saber se a empresa, no ritmo que está, tem perspectivas boas ou ruins.



Depois de identificar todos os itens relacionados acima, é ideal que o empresário monte uma DRE Gerencial para descobrir se o negócio é viável e também para definir o ponto de equilíbrio da empresa, ou seja, saber o quanto é necessário faturar para pagar todas obrigações.

 

Com o diagnóstico estruturado - e uma análise financeira bem realizada - o empresário consegue tomar outras decisões para o futuro da empresa. Essas são análises básicas para depois avançar em KPIs mais importantes para a empresa.

 

Passo a passo para fazer o diagnóstico financeiro

 

Se você quer garantir o futuro da sua empresa é mais do que necessário - é obrigatório - que você conheça os detalhes de como fazer um diagnóstico financeiro. 

 

E, mais do que fazer a avaliação dessas informações, é necessário torná-la um processo regular, para que o diagnóstico seja preciso e para que ele esteja adequado ao momento da empresa.

 

Então esses são os passos necessários para fazer um bom diagnóstico financeiro:



Tenha clareza do seu faturamento

 

Esse é o primeiro passo para começar o seu diagnóstico financeiro. E fazer isso é simples: basta ter acessos aos últimos números feitos pela empresa;

 

Destaque saldos a receber

 

Você precisa saber tudo o que tem a receber no seu negócio. A dica é destacar, fazendo uma comparação no diagnóstico financeiro, os valores do mês anterior com os do último mês que já foi fechado.

 

Saiba quanto você gasta com competências

 

A vida de uma empresa não é só o dinheiro que entra. Tenha sempre em mãos os gastos com competências, como os pagamentos de salários e treinamentos. 

 

Enumere outras despesas

 

Impostos, contribuições, salários, tudo isso deve fazer parte da sua planilha de gastos para constar na avaliação completa na hora de fazer o diagnóstico financeiro.

 

Identifique quanto custa o seu estoque

 

Avalie todas as despesas que você tem com seu estoque e quanto custa para mantê-lo em dia. Você deve ser atrativo para os seus clientes.

 

Acompanhe o resultado final

 

Acompanhar o resultado do diagnóstico financeiro significa comprometer-se com todo o seu planejamento. É através dele que você traçará estratégias e tomará decisões mais assertivas conforme as necessidades da sua empresa.



Agora você já sabe como é importante, não só para você, mas também para a sua empresa, manter a saúde em dia. O diagnóstico financeiro é o que vai te permitir identificar e corrigir falhas.


Todos os dados coletados, porém, merecem muita atenção, tempo e conhecimento. Então, sempre procure um especialista na hora de avaliar mais precisamente todos esses dados. Ele vai te ajudar, considerando o seu negócio e suas especificidades.