Transformação digital: fique por dentro dos novos modelos de gestão para o futuro

Vivemos em uma época de transição. Tudo é mutável, o ritmo de crescimento é acelerado, a subida é mais rápida, mas as quedas também são maiores. Você sabe que um empreendedor não pode parar no tempo, tem sempre que buscar novas alternativas e caminhos para seguir crescendo e não apenas se deixar levar pela maré.

Os famosos modelos tradicionais de gestão, que são super engessados e burocráticos, não acompanham mais as crescentes demandas do mundo contemporâneo. Hoje as empresas precisam tomar decisões rápidas, atualizadas e assertivas, migrar de suas organizações antigas para as organizações da era do conhecimento. Embarcar nas novas tecnologias de informação e comunicação.


Agora, antes de tudo, vamos esclarecer uma dúvida muito comum: você sabe qual é a diferença entre modelo de negócio e modelo de gestão? Nós sabemos que muitas pessoas pensam que eles são sinônimos, porém, os dois temas são conceitos bem distintos.


O modelo de negócio está diretamente relacionado à estratégia de uma empresa: em quais clientes ela vai focar, que preço que ela vai oferecer ao mercado e que canal vai utilizar. Já o modelo de gestão é a forma como aplicamos esse modelo de negócios no dia a dia, de forma mais objetiva, podemos dizer que é a cultura da empresa, os relatórios, indicadores, frequência de reunião.


Lembre-se que um modelo de gestão coloca em prática o seu modelo de negócio.

Os modelos de gestão são basicamente conjuntos de estratégias adotadas pelas empresas para coordenar toda a equipe durante a execução das tarefas e a captação de resultados. Resta a cada empreendedor encontrar o modelo de gestão ideal que se adequa ao momento que o seu negócio está vivendo. Os gestores devem estar sempre atentos e com um olhar crítico e estratégico sobre cada trabalho que a sua empresa executa.


Porém, é um grande desafio saber do que a sua empresa precisa, e, para escolher o modelo de gestão ideal, precisa planejamento, preparo e estratégia. Esse conhecimento do mercado e de cada um dos modelos de gestão pode ser decisivo no momento de definir o que cada empresa precisa.

Mas a gente não para por aqui. Nós listamos os modelos de gestão mais usados no mercado, assim, você pode ter uma perspectiva mais ampla e decidir qual se adapta a sua realidade agora. 

 

Os principais modelos de gestão


Gestão por cadeia de valor: esse é um dos modelos que mais exige pesquisa de mercado, pois está atrelado a tentativa de atender as necessidades dos clientes. Para esse modelo a empresa precisa de profissionais que possam entender e construir as estratégias com base nas expectativas dos clientes. O gestor deve traçar uma meta para oferecer ao cliente aquilo que ele deseja.

 


Gestão meritocrática: aqui os gestores focam em seus colaboradores com maior performance e desempenho. Os funcionários se tornam mais engajados pela possibilidade de crescimento e procuram ter um melhor desempenho. Mas, cuidado, por criar um ambiente competitivo as relações interpessoais podem ser afetadas. O gestor precisa ser imparcial e lidar com transparência com seus colaboradores.

 

Gestão com foco em processos: aqui o foco é o aprimoramento e a busca pela perfeição nas execuções. Para o gestor, esse modelo de gestão traz os resultados mais duradouros, porque a forma de trabalhar de seus colaboradores é mais especializada. Mas cuidado, aqui, é necessário ser minucioso para que cada processo desenvolva como esperado. O máximo de atenção ainda é pouco.

 

Gestão democrática: os colaboradores têm voz para contribuir com as decisões e o engajamento da equipe também é intenso. Porém, se não houver consenso, esse tipo de gestão pode gerar atritos. Os líderes devem estar preparados e serem comunicativos, para mediar e ponderar as opiniões.

 

Gestão com foco nos resultados: a maneira de alcançar as metas fica em segundo lugar, o foco são os resultados. É um modelo ideal para empresas que necessitam de soluções rápidas, mas não deve ser usado por aqueles que planejam a longo prazo.

 

Tiago Denardin responde sobre modelos de gestão

Se você achou que podia ficar mais claro, então que tal receber algumas dicas de quem entende do assunto? Conversamos com o CSO da GH Branding, Tiago Denardin e fizemos a ele aquelas perguntas que achamos que você gostaria de fazer.


Como os modelos de gestão estão se reinventando com os novos modelos de negócio?

 

A necessidade de agilidade dos novos tempos tem demandado revisão das formas de liderar e gerir times. Informações e decisões precisam ser muito mais rápidas. Os times internos ganham mais autonomia.


Como a transformação digital muda a forma de gerenciar as empresas?

 

O ritmo da inserção de novas tecnologias no nosso dia a dia tem provocado, de certa forma, o caos nas organizações. A massiva maioria das empresas vem sofrendo as dores dessa transformação. Pessoas na ponta mais exigentes, são consumidores mais exigentes e impacientes. Isso demanda eficiência operacional muito mais sofisticada das empresas. Coloca em cheque todo o formato de gerir negócios que até então estavam bem rijos e estabelecidos. Muitos processos e formas de atuar são, muitas vezes, colocados "no lixo". Vivemos a era da abertura para o novo, mas claro tudo objetivando um cenário melhor, mais otimizado.


Há dicas que possam ser dadas para implementar novos modelos de gestão?

 

Exercitar a autonomia e despertar novos líderes. Estar aberto a testar novos recursos e ferramentas de gestão. Criar o mindset de aceitar o "novo" muito mais fácil. Procurar exercitar a resistência à mudança. Colocar isso como uma nova regra do jogo. Não adianta reclamar, mas sim agir.


A GH tem implementado novos modelos de gestão? Se sim, quais?

 

Estamos testando a utilização de gestão de projetos por squads, onde os times têm autonomias para tomada de decisão. Existe um processo de gestão e análise muito mais livre e claro, focado em resultado.


Como escolher o modelo de gestão ideal para a minha empresa?

O feeling do formato ideal do negócio e até mesmo da cultura da empresa ajudam nessa tomada de decisão.


Como implementar um novo modelo de gestão na minha empresa?

É importante consumir muita informação do mercado, seja por vídeos, cursos, leitura, quem sabe até uma mentoria externa. Mas não há nada melhor do que dar a cara a tapa. Testar na vida real e avaliar. Procurar errar rápido, não perder tempo. Logo reavaliar se o formato agrega ao meu negócio. Em resumo, todo o processo novo tem que impactar no sucesso do negócio. Tem que permitir ser um player muito melhor no mercado. Se minhas métricas indicarem que isso está acontecendo, é porque estou no rumo certo.


Esperamos que este artigo tenha sido útil a você. Se você quiser pode navegar pelo nosso site e conhecer o nosso serviço. Agende uma conversa com um dos nossos especialistas!