Entenda como usar a inteligência artificial na gestão financeira de startups

inteligência artificial na gestão financeira0
Blog > Inovação > Entenda como usar a inteligência artificial na gestão financeira de startups

A inteligência artificial na gestão financeira é um caminho sem volta no ecossistema das startups.

Temas como big data, ciência de dados, business intelligence e robôs de investimento são cada vez mais comuns. 

Podemos dizer que as startups são importantes protagonistas no aperfeiçoamento da inteligência artificial na gestão financeira, tanto no âmbito interno quanto externo.

Entenda melhor o assunto ao longo deste conteúdo.

A inteligência artificial na gestão financeira de startups

A inteligência artificial na gestão financeira consiste no uso de soluções tecnológicas cada vez mais eficientes no gerenciamento do dinheiro. 

Inteligência artificial (IA) pode ser definida como a capacidade de uma máquina ou software de simular as habilidades humanas, tais como raciocinar e tomar decisões. 

Quando aplicada à gestão financeira, usa algoritmos, redes neurais artificiais e aprendizado de máquina para processar grande quantidade de dados, avaliar padrões e indicar tendências. 

Um bom exemplo é a análise de crédito. 

Em segundos, sistemas inteligentes fazem uma varredura no histórico de “rastros” que um cliente deixa no big data e determinam se ele é propenso a ser um bom pagador ou não.

Da mesma forma, a inteligência artificial pode ajudar um empreendedor a tomar melhores decisões sobre a gestão financeira de seu negócio com embasamento técnico. 

Fluxo de caixa, níveis de endividamento, tendência de faturamento, dentre outros indicadores, podem ser processados em segundos e com muito mais exatidão. 

Benefícios da inteligência artificial na gestão financeira

Principalmente para as startups, a inteligência artificial na gestão financeira tem diversas vantagens. 

Dentre as principais, podemos destacar:

  • Automatização de processos: diversas rotinas operacionais financeiras, antes feitas por humanos, podem ficar a cargo de sistemas inteligentes
  • Redução de erros e retrabalhos: a inteligência artificial na gestão financeira pode ser muito mais exata do que a análise de um perito, principalmente em casos de tarefas repetitivas
  • Tomada de decisão: a partir do processamento de diferentes tipos de dados, a IA consegue extrair informações que podem se transformar em insights valiosos e embasar decisões muito mais assertivas.

À medida que a tecnologia avança, sistemas sofisticados com base em inteligência artificial aprendem com os erros e também evoluem na capacidade de processar e interpretar.

É a era dos algoritmos e do machine learning.

Como usar a inteligência artificial na gestão de startups

Robôs de captura de nota fiscal, business intelligence, integração de ERPs e automatização de fluxo de caixa são alguns exemplos de como a inteligência artificial na gestão financeira pode facilitar o dia a dia de sua startup

São soluções eficientes, com alto nível de confiabilidade, que sua empresa pode ter acesso, por exemplo, por meio de um BPO financeiro

Esse, inclusive, é um dos serviços que você encontra na Comece com o Pé Direito

Além de consultorias fiscal, financeira e trabalhista, oferecemos business intelligence, serviços de abertura de empresas, demandas de RH e muito mais.

Graças à inteligência artificial e à expertise do nosso time, descomplicamos as burocracias do seu negócio para você ter tempo de focar no seu core business.

Gostou da ideia? Então, agende agora mesmo um bate-papo com um de nossos especialistas e saiba mais.

Leave a Reply