DRE: você conhece a melhor forma de analisar os resultados econômicos da sua empresa?

Para nós que vivemos no mundo da contabilidade, a sigla DRE é considerada famosa e usada quase que diariamente. Ela faz parte do vocabulário dos contadores. Mas nós sabemos que para quem não vive nesse meio, à primeira vista a sigla pode significar apenas letras aleatórias do alfabeto.

 

Vai ajudar se eu te disser que DRE significa Demonstração do Resultado do Exercício? Ok, acho que não ajudou em quase nada né. Só que isso introduz uma explicação desse conceito.

 

Se você pretende profissionalizar a gestão do seu negócio e já está em busca de ferramentas e técnicas para isso, é muito provável que você tenha se deparado com a sigla DRE, visto que é um instrumento bastante utilizado por muitas empresas para alavancar seus resultados. Nós conversamos com o analista fiscal e contábil da Comece com o Pé Direito, Christian Schiaffino Von Borowski para tirarmos algumas dúvidas sobre o DRE, seu funcionamento e os seus benefícios. Acompanha aí!


O que é DRE?

 

A DRE é uma demonstração econômica relacionada à geração de resultados de uma empresa. Ela é apresentada de forma dedutiva, ou seja, trabalha com um valor como referência, normalmente a receita bruta, e a partir dele extrai os valores de custos e de despesas até chegar ao lucro ou ao prejuízo do exercício.

Traduzindo, DRE nada mais é do que um relatório que demonstra de forma resumida as operações realizadas pela empresa. Nele são confrontadas as contas de receitas, despesas, custos e provisões apuradas, evidenciando a formação do resultado líquido da empresa na ocasião.


Quais os principais benefícios do DRE?

 

Existem muitos. A questão é que várias informações podem ser analisadas e decisões tomadas, com base nos dados obtidos em uma DRE. Como exemplo, podemos ver a evolução das receitas ao longo do tempo que pode indicar que um negócio tem ritmo de crescimento diferente do esperado pelos seus gestores.

 

A evolução dos gastos incorridos também é uma informação disponível na DRE e que pode auxiliar os gestores na identificação de novas estratégias empresariais. Quando analisados, ao longo do tempo, esses custos operacionais podem indicar a necessidade de revisão de procedimentos produtivos. Esse fator costuma ajudar na melhoria do desempenho geral de uma empresa.

 

Nesses casos, além de ter dados em que se possa confiar, é necessário que se atente às variações, tanto em valores absolutos quanto em valores percentuais, para não dar atenção desnecessária a um item ou deixar equivocadamente algo importante sem análise.


Qual é a importância do DRE?

 

A Demonstração do Resultado do Exercício tem o objetivo de fornecer ao usuário os dados básicos e essenciais, sendo ele um lucro ou prejuízo do exercício. Ou seja, é um dos relatórios mais importantes que o contador deve gerar. Isso porque ele é utilizado pelos gestores, investidores, bancos e pelo próprio governo. É por meio dele que se avalia a capacidade de crescimento da sua empresa e sua real saúde financeira. É uma ferramenta essencial para tomada de decisões. 

 

Quais informações devem ser extraídas do DRE?

 

A DRE é composta por um resumo dos resultados operacionais e não operacionais da sua empresa em um período previamente estabelecido, que servirá de base para as suas análises e de seus possíveis investidores.

A sua estrutura forma uma lógica de análise por etapas que contém o resultado bruto, o resultado operacional e o resultado líquido. Para que você entenda melhor, segue o DRE em formato resumido abaixo:

Receita de Vendas

(-) Deduções

(-) Custos

(=) Resultado Bruto (Lucro Bruto)

(-) Despesas Operacionais

(=) Resultado Operacional (Lucro Operacional)

(-) Impostos – CSLL e IRPJ

 

(=) Resultado Líquido ou Lucro ou Prejuízo Líquido

O DRE contém as informações contábeis de sua empresa (quanto vendeu, quanto gastou, quais foram as despesas, quanto pagou de impostos e quanto sobrou no final disso tudo). 

 

Qual é a melhor forma de analisar o DRE?

 

Podemos analisar por dois âmbitos. Um deles é a análise horizontal que é baseada na evolução dos elementos do Balanço Patrimonial, do Demonstrativo de Resultados do Exercício (DRE) e do Demonstrativo de Fluxo de Caixa durante um período. O objetivo é evidenciar o crescimento ou a redução das demonstrações financeiras ao longo do tempo de exercício de sua empresa. Dessa forma, a análise horizontal, ao apresentar a evolução de cada conta das demonstrações financeiras, permite que seja realizada uma comparação para tirar conclusões sobre a evolução da empresa.

 

A outra forma é a análise vertical, também conhecida como Análise de Estrutura, complementa a horizontal e é utilizada para identificar a porcentagem de participação de determinado indicador no resultados. Recebe esse nome porque, ao contrário da Análise Horizontal, são analisadas as colunas das demonstrações. O objetivo desta análise é medir percentualmente cada componente em relação ao todo do qual faz parte, permitindo que sejam feitas comparações caso existam dois ou mais períodos.

 

Observe que a Análise Vertical apresenta o quanto cada conta é importante em relação à demonstração financeira a que pertence e assim é possível verificar se há itens fora das proporções normais. A sua principal vantagem é a fácil comparação de balanços, demonstrações de resultados e outros relatórios financeiros de empresas dos mais variados portes. É uma ferramenta utilizada também para visualizar possíveis mudanças anuais dentro de uma organização.

 


Como que a Comece com Pé Direito pode auxiliar no desenrolar da DRE?

 

Nós sabemos da importância do DRE e é por isso que a Comece com o Pé Direito possui um time altamente qualificado para ajudar o empreendedor a elaborar melhor e realizar um atendimento de forma mais correta. A gente sabe que através dela que é possível analisar de forma crítica os números apresentados e determinar a eficiência das práticas adotadas pela empresa, possibilitando assim uma boa gestão financeira no futuro.  

 

Agora ficou claro, né?

 

O DRE trata-se de uma ferramenta que permite a análise da situação financeira, beneficiando empreendedores que buscam excelência na gestão do seu negócio. Com ele os líderes e gestores de diferentes níveis podem ter a ciência concreta acerca do lucro ou do prejuízo da empresa e, consequentemente, agir de forma a reverter os cenários negativos em tempo.

 

Ele também favorece a realização de um planejamento estratégico e oferece um bom panorama para eventuais investidores que estejam interessados em sua empresa. Então, se você é um profissional de Planejamento, Controladoria ou Finanças ou então um empreendedor que está buscando profissionalizar a gestão de sua empresa, nós temos certeza o DRE deve fazer parte de suas conversas, leituras e pesquisas.

 

Agora que você já sabe o que precisa para lidar de forma correta com o DRE, que tal controlar o seu negócio sem complicação e ter ainda total suporte e treinamento feitos diretamente pela nossa equipe de especialistas? Conheça os nossos serviços e fique ainda mais perto de realizar os sonhos da sua empresa. Agende uma conversa com um dos nossos especialistas!