Ideação: qual o objetivo dessa fase em startups?

ideação0
Blog > Empreendedorismo > Ideação: qual o objetivo dessa fase em startups?

A fase de ideação pode ser considerada o ponto de partida de uma startup, onde tudo começa.

A essência do modelo de negócio, a construção do MVP e os primeiros testes de mercado se concentram nessa fase, que fundamenta todo o plano de crescimento.

Naturalmente, há muito mais perguntas do que respostas durante a fase de ideação.

Afinal, o objetivo é descobrir se a oportunidade de mercado (o problema a ser resolvido) faz sentido e se vale a pena investir na solução ou pivotar.

Quer saber mais sobre a importância da ideação para a sua startup e como fazer do jeito certo?

É só seguir na leitura deste texto.

O que é ideação?

O termo ideação, segundo o dicionário Oxford, significa encadeamento ou concepção de ideias e pode ser usado em diferentes situações no contexto empresarial.

Ideação em startups

No universo das startups, a ideação é a primeira das cinco fases mais importantes do desenvolvimento do modelo de negócio.

Também chamada de pré-seed, consiste no amadurecimento da ideia, dimensionamento do mercado, desenvolvimento do protótipo e testagem das hipóteses

Além da ideação, as fases seguintes são:

  • Validação (seed): quando a startup colhe o feedback do público por meio do MVP (Minimum Viable Product ) para aperfeiçoar sua ideia ou pivotar, caso necessário
  • Operação (early stage): com as hipóteses testadas e validadas, a startup começa a operar efetivamente, etapa em que o negócio já conta com uma estrutura comercial e de marketing
  • Tração (growth stage): fase de crescimento, em que aumenta o interesse dos investidores, dada a diminuição da percepção de risco em função do amadurecimento do negócio
  • Scale-up (expansion stage): estágio marcado pelo crescimento exponencial, seja por meio da oferta de novos produtos e serviços ou através de fusões e aquisições.

Ideação no design thinking

Dentro da abordagem do design thinking, modelo de pensamento ou “metodologia” usada na criação de diversos projetos e soluções, a ideação também tem papel essencial. 

A ideia central do design thinking é se colocar no lugar do cliente para entender suas dores e anseios, com o objetivo de obter insights que possam contribuir com as melhores soluções.

Em relação ao processo, as fases são divididas em quatro, sendo: 

  • Imersão (insights), em que há o compartilhamento de ideias por meio da colaboração mútua entre os interessados
  • Ideação, quando ocorre o amadurecimento da ideia com o propósito de avaliar se é “desejável, viável e praticável”
  • Prototipação, quando a solução é criada e testada do ponto de vista prático
  • Realização, quando a solução é concluída e colocada à disposição do mercado.

Perceba que o design thinking, embora possa ser aplicado em contexto mais amplo, tem muito a ver com com o universo das startups na criação de soluções para problemas reais.

Tanto que é adotado por boa parte dos empreendedores dentro do ecossistema da inovação.

Qual o objetivo da fase de ideação?

O principal objetivo da fase de ideação é evitar perda de tempo e de dinheiro com uma ideia que, embora pareça promissora, não faz sentido aos olhos do cliente. 

O empreendedor e investidor do Vale do Silício Steve Blank, criador do método Customer Development, ficava intrigado com a quantidade de startups que nasciam e morriam em um curto período de tempo. 

Ao se aprofundar nas pesquisas, descobriu que os empreendedores não estavam dando a devida atenção ao cliente durante a fase de ideação, direcionando o foco para o alvo errado: o produto.

Ao colocar o consumidor no centro das atenções e entender quais são suas reais necessidades, anseios e expectativas, portanto, uma startup em fase de ideação reduz as incertezas do negócio e aumenta suas chances de êxito. 

Como funciona a etapa da ideação no empreendedorismo

A fase de ideação de uma startup começa quando o empreendedor se depara com um problema aparentemente relevante e tem as primeiras ideias de como solucioná-lo.

Pode ser que você ainda nem tenha sua empresa devidamente formalizada junto aos órgãos competentes. Esse é um detalhe burocrático facilmente solucionado. 

Os principais passos desta fase, portanto, podem ser resumidos basicamente em:

  • Brainstorming: você precisará de muitas ideias para ter uma ideia que seja, de fato, viável e exequível 
  • Da ideia ao projeto: por meio de métodos ágeis, como o Business Model Canvas, criar um modelo de negócio objetivo, intuitivo e de fácil compreensão
  • Feedback: por meio de instrumentos, como o MVP, avaliar as reações do público para se certificar de que vale a pena seguir com o projeto adiante ou não
  • Errar rápido e acertar mais rápido ainda: na fase de ideação, os erros fazem parte do processo de ajuste, desde que sejam detectados e consertados no menor tempo possível.

Como fazer uma ideação do jeito certo

Embora não haja uma receita de bolo para a fase de ideação, você pode seguir algumas metodologias testadas e aprovadas pelo mercado que o ajudarão a tomar decisões mais assertivas.

Uma delas, como vimos, é o método Customer Development, de Steve Blank, que coloca o cliente no centro das atenções. 

Há outras, como a Startup Enxuta, que traz orientações quanto à eficiência no uso dos recursos, o Design Thinking, bem como os princípios do Manifesto Ágil

Ao estruturar a fase de ideação com base em informações de qualidade e foco no cliente, muito provavelmente você terá sucesso nas rodadas de investimento e ultrapassará, mais rápido do que pensa, o break-even point.

Como nós podemos ajudar sua startup?

Se sua startup está na fase de ideação e precisa de um parceiro para ajudar com as rotinas contábeis e financeiras, a Comece com o Pé Direito tem a solução certa para você.

Conhecemos como ninguém o universo dos negócios inovadores e temos equipe, estrutura e expertise necessárias para cuidar da gestão do seu back office.

Oferecemos abertura de empresas, BPO financeiro e de RH, contabilidade consultiva, Business Intelligence e muito mais.

Nossa missão é descomplicar os processos burocráticos do seu dia a dia para que você tenha condições de focar no crescimento do seu negócio.

Na Comece com o Pé Direito, você tem suporte contábil e financeiro para avançar de fase e alcançar seus objetivos.

Related Posts

Leave a Reply